Vivendo praticamente toda a sua vida no Nordeste, o professor Mario Roberto nasceu na região Sudeste, na cidade de Cubatão (SP), em 10 de março de 1967. Ainda criança, foi levado com os pais para a cidade de Propriá (SE), onde permaneceu até seus últimos dias.

Para poder estudar em uma universidade, Mario residiu por um tempo na cidade de Aracaju (SE), onde graduou-se em História pela Universidade Federal de Sergipe (UFS).

Autodidata e faminto por cultura, Mario aprendeu a jogar xadrez ainda jovem. Jogava partidas com amigos e colegas de faculdade. Além do Xadrez, o professor foi um amante da Fotografia. Em suas viagens pelo Nordeste, gostava de fotografar o cotidiano das pessoas e paisagens que encontrava pelo caminho.
  Foto: Mario Roberto
    Foto: Mario Roberto

Mario foi professor de História da rede estadual em Propriá e em Porto Real do Colégio (AL). No entanto, a jornada dupla não o impedia de viajar em busca de conhecimento para si próprio e para as pessoas ao seu redor. Era um profundo admirador e estudioso de Padre Cícero e viajou muitas vezes para Juazeiro do Norte, para alimentar sua sede pela história do padre.

O professor também tinha uma grande paixão pela leitura. Não somente pela profissão, mas para crescimento pessoal. Lia desde livros sobre mitologia grega a revistas e jornais.

Em sua jornada com o Xadrez, levou crianças, adolescente e adultos a conhecer esse esporte tão prestigiado em vários países, mas pouco difundido no nordeste brasileiro. Ajudou a organizar campeonatos nas cidades de Propriá e Penedo e também participava de vários campeonatos, por vezes jogando e outras vezes apenas acompanhando o filho, Nairan Alves, campeão sergipano de Xadrez.

O amor do professor pelo Xadrez deu nome a sua filha mais velha, Kaissa Alves. Kaissa é uma escrita adaptada para o nome Caíssa, que na mitologia significa a “deusa do enxadrismo”.

Mario foi casado com uma colega do curso de História, Valdete,  com quem teve dois filhos, Kaissa e Nairan, já citados acima. O professor despediu-se do plano físico em 15 de fevereiro de 2015.

Devido a sua trajetória como enxadrista e professor, foi homenageado na inauguração da Academia Propriaense de Letras, em novembro de 2015.

Foto: Professor Mario e família / Professor Mario na praça Fausto Cardoso (Aracaju-SE, 1997)

Torneios organizados pelo professor Mario e seus respectivos campeões:


• 1º Torneio Propriaense de Xadrez - 2005: Fábio da Rocha
• 2° Torneio Propriaense de Xadrez - 2006: Eládio Santana
• 3° Torneio Propriaense de Xadrez - 2007: Fábio da Rocha
• Torneio Dona Santa Bulhões, Porto Real do Colégio (AL) - 2008: Eládio Santana
• Torneio Dona Santa Bulhões - 2009: Nairan Alves
• Torneio Penedense de Xadrez - 2008: Eládio Santana
• Torneio Penedense de Xadrez - 2009: Eládio Santana
• Torneio Penedense de Xadrez - 2010: Nairan Alves
• Torneio Penedense de Xadrez - 2011: Jayme Miranda